Olhar pros lados

20/06/2012 § Deixe um comentário

Ontem foi uma concessão singela, com o tempo o senso crítico é perdido, e agora se rotula como radical ou ingênuo, quem ainda defende algum valor social.

Quando lá na frente a coisa estoura, aí são lembrados aqueles que morreram ou já estão, então, derrubados. Resistentes e generosos, uma gama de adjetivos são lembrados, mas o resgate será só o da lembrança de uma luta perdida. Perdida para um pragmatismo cego e para um jogo de poder antiquado.

Olhar pra frente não basta. Olhar pros lados revela onde estamos e quem está junto.

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para junho, 2012 em oinsustentavel.