Um vizinho inconveniente

13/11/2011 § Deixe um comentário

Quando restar alguma área verde, onde o pensamento possa ser mais livre, as pessoas trabalharem com mais serenidade, sem extrapolarem sua condição humana, e mesmo assim assim manterem índices de produtividade,

Esta área será vista como uma ilha de utopia. Quem a habita merecerá ser desqualificado com os preconceitos mais apropriados e baixos. Esta área merecerá então  ser destruída, colonizada, privatizada. Deverá ficar igual a cidade cinza, fria e desumana. Assim será mais fácil viver. Sem a contestação e a dúvida do vizinho inconveniente.

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para novembro, 2011 em oinsustentavel.